• Caroline Martins

VOCÊ JÁ OUVIU FALAR EM ECONOMIA CIRCULAR?

“A economia circular é uma nova forma de olhar as relações entre o mercado, clientes, recursos naturais e a sociedade.” (WBCSD, 2017)


No documentário “A história das coisas”, de Anne Leonard, vemos retratado um modelo de produção insustentável, direcionado a uma sociedade de consumo exacerbado, e seus impactos negativos ao meio ambiente.


As coisas mostradas no filme são os bens de consumo e sua história é contada desde a extração da matéria-prima, confecção do produto, venda, compra e falsa ideia de necessidade, até o momento de descarte e poluição.


Esse modelo de produção abordado no documentário, é o que chamamos de linear: extrair > produzir > descartar. A ausência de soluções sustentáveis para os aspectos ambientais tocantes à atividade industrial, pode gerar grande acúmulo de resíduos que não recebem novos usos e induzir a exploração excessiva de recursos, levando ao esgotamento de matérias-primas.





Economia circular é a mudança em curso


A economia circular é o oposto disso e mostra que é possível mudar e pensar modelos econômicos nos quais os materiais não biodegradáveis possam retornar ao ciclo produtivo.


Para ficar mais fácil entender esse conceito, pense em uma máquina de lavar quebrada. E se ao invés de ser descartada, ela fosse enviada de volta à fábrica, desmontada, otimizada (ou consertada) e trazida de volta?


O ciclo, que habitualmente seria encerrado com o descarte do produto, é ressignificado e os produtos ganham um novo ciclo.


Princípios da economia circular


De acordo com a Ellen MacArthur Foundation, são três princípios básicos necessários para compreensão e aplicação do modelo circular de economia.


- Preservar e aumentar o capital natural


Este princípio começa com a alteração na forma de pensar produtos e serviços. Tem como base aumentar o capital natural sem degradar o sistema. Compreende a utilização de recursos renováveis ou que apresentem o melhor desempenho. Reduz-se os gastos com a extração de recursos, aproveitando-os ao máximo e da melhor forma possível.


- Otimizar a produção de recursos


Nada se perde, tudo se transforma: a produção é projetada para a remanufatura, a reforma e a reciclagem, dando-se nova vida àquilo que não serviria a mais ninguém e garantindo que produtos e recursos circulem de forma a serem sempre úteis.


- Fomentar a eficácia dos processos


Avaliar os processos e destacar e reproduzir bons resultados, de forma a não ter grandes despesas e prejuízos ao meio ambiente, e manter a lucratividade.

Processo pautados na boa gestão de recursos como solo, ar e água, extraindo os riscos de poluição ambiental e sonora, por exemplo, além de intensificar ações para manter o círculo contínuo.


Economia circular na prática


A grande maioria das pessoas já está familiarizada com a prática da economia circular, mesmo que não conheça a teoria. As atividades são pensadas objetivando minimizar perdas e processos externos negativos, além de gerar valor positivo para as empresas, principalmente para os recursos naturais.


1) Reciclagem


Um exemplo prático e bem-sucedido é a reciclagem de latas de alumínio no Brasil, que tem aproveitamento acima de 90%. A reciclagem reduz o custo de extração e produção do material, além de praticamente eliminar a presença desses resíduos em rios e aterros sanitários.


2) Renovação / Remanufatura


Em alguns países, empresas de computação e telefonia recolhem equipamentos antigos ou com defeito de fábrica, fazem o conserto ou atualização para revendê-los com um preço menor e a mesma garantia de um novo.


3) Reutilização


O despejo de esgoto em rios é um problema ambiental e de saúde pública. Atualmente, um tratamento do rejeito com ultramembranas de filtração permite que o líquido seja utilizado em processos industriais com qualidade superior às coletadas em rios, sendo recirculada várias vezes antes de ser retratada e devolvida aos corpos de água.


Atualmente, soluções de economia circular nas indústrias são buscadas em conjunto com a gestão ambiental, educação ambiental e setor de sustentabilidade do empreendimento.


Quer saber como aplicar a economia circular na melhoria dos seus processos e ganhar eficiência? Clique AQUI para conhecer nossas soluções como consultoria ambiental.

0 visualização

E-mail          contato@trilhoambiental.org

 

Telefones     +55  (31)  3221-6040 

                             

                             (31)  3245-8941

  • Linkedin da Trilho Ambiental
  • YouTube da Trilho Ambiental

Rua José Pedro Drumond, n 204

 

Bairro Floresta, Belo Horizonte/MG 

CEP 30150-140

Mapa do Site:
Mapa do Brasil
Todos os direitos reservados à Trilho Ambiental Ltda.