Nova Unidade de Conservação é criada no Rio de Janeiro

O município do Rio de Janeiro vai ganhar uma nova Unidade de Conservação – UC com mais de 200 mil metros quadrados, que abriga o Palácio de Brocoió e que já serviu de residência de veraneio para governadores do Estado do Rio de Janeiro.


A UC criada é de Interesse Ecológico e chama-se Ilha de Brocoió. Ela está localizada no interior da baía de Guanabara e integra o arquipélago da Ilha de Paquetá, além de abrigar manguezais e espécies ameaçadas de extinção como o boto-cinza.


Mas afinal, o que é Unidade de Conservação?


Segundo a Lei n° 9.985/2000, mais conhecida como Lei do SNUC, a Unidade de Conservação (UC) é o “espaço territorial e seus recursos ambientais, incluindo as águas jurisdicionais, com características naturais relevantes, legalmente instituído pelo Poder Público, com objetivos de conservação e limites definidos, sob regime especial de administração, ao qual se aplicam garantias adequadas de proteção”.


Assim, as UCs apresentam um conjunto de áreas a serem preservadas por representarem alguma relevância natural, visando a manutenção dos recursos naturais ao longo dos anos, sendo sujeitas a regras e normas para sua utilização.


A Área de Relevante Interesse Ecológico, também chamada de ARIE, é uma UC de Usos Sustentável e são áreas de pequena extensão e que possuem pouca ou nenhuma ocupação humana, abrigando exemplos raros da biota regional.


Quer saber mais sobre as Unidades de Conservação? A nossa consultoria ambiental pode te ajudar! Clique AQUI e converse com um dos nossos consultores.

168 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo