ISO 14.001:2015, O QUE MUDOU?

 

A norma ISO 14.001 – Sistema de Gestão Ambiental recebeu uma nova versão em 2015. Esta, foi publicada em substituição à versão de 2004, devido à necessidade de revisão e inclusão de alguns importantes pontos.

Como a versão atual foi publicada em 2015, 2018 é o prazo final para adequação e certificação ambiental de acordo com a nova norma. Esse período de três anos é referente ao prazo de validade do certificado, ou seja, caso você tenha se certificado em 2015, este certificado é válido até 2018, sendo necessário realizar as adequações de acordo com a norma atual.

A certificação em Sistema de Gestão Ambiental é utilizada por organizações que visam realizar o gerenciamento de sua responsabilidade ambiental, cumprindo com todos os requisitos exigidos por lei, desenvolvendo a metodologia de melhoria contínua e capacitando seus profissionais perante às questões ambientais. Os benefícios de se ter uma certificação ISO 14.001 são muitos, como por exemplo.

 

  • Desenvolvimento de uma política ambiental (interna e externa);

  • Eliminação e gerenciamento de passivos ambientais;

  • Redução e mitigação dos impactos ambientais;

  • Cumprimento e atendimento dos requisitos legais ambientais;

  • Redução de custos e geração de receita;

  • Melhor imagem perante os stakeholders;

  • Redução dos riscos ambientais;

 

A nova versão da norma, vem com uma abordagem um pouco mais ampla, principalmente com relação ao produto e seu respectivo ciclo de vida, bem como na relação dos aspectos e impactos ambientais externos à organização.

Podemos citar que existe agora um enfoque maior no na busca do equilíbrio entre os três pilares da sustentabilidade: social, econômico e ambiental.


Além disso, ficou muito mais explicita a maneira na qual o envolvimento da alta direção seja compatível com os objetivos ambientais, e não só pelo fato de se ter uma metodologia de melhoria contínua, mas sim, de quanto pretende-se melhorar em cada período, como por exemplo, a quantidade de resíduos gerada por unidade produzida, quantidade de água consumida, a quantidade de matéria prima gasta, etc.

Também existe na nova versão um item específico para tratar de riscos, estes por sua vez classificados como ameaças, em casos de efeitos potenciais adversos ou como oportunidades, em casos de efeitos potenciais benéficos. Este talvez seja um dos itens mais importantes trazidos nessa nova versão, uma vez que considera também questões externas ao negócio. Apesar da norma não especificar qual metodologia utilizar para analisar os riscos – o que também traz liberdade à organização caso já trabalhe com algum método – a norma ISO 14.001:2015 cita como referência a ISO 30.001 de Gestão de Riscos.

Em relação ao Ciclo de Vida, de acordo com a nova norma, este deverá ser considerado principalmente com relação aos produtos. Basicamente é avaliar os aspectos e impactos ambientais relativos ao produto, assim como são realizados os levantamentos dos processos. A norma não exige que isso seja feito de maneira detalhada, a exemplo da ISO 14.040, entretanto, esses pontos devem ser considerados de acordo com a nova abordagem.

 

A equipe da Trilho Ambiental está pronta com a equipe de consultores altamente qualificados para realizar toda a adequação da norma ISO 14.001. Realizamos auditorias de requisitos legais, auditorias ambientais, auditorias internas e de terceira parte, bem como toda a implantação e manutenção do sistema de gestão ambiental.

Gostou? 
Veja outros materiais que escrevemos sobre a ISO 14.001.
Imagem da ISO 14001
Imagm sobre a sustentabilidade e a ISO 14001

E-mail          contato@trilhoambiental.org

 

Telefones     +55  (31)  3221-6040 

                             

                             (31)  3245-8941

Rua José Pedro Drumond, n 204

 

Bairro Floresta, Belo Horizonte/MG 

CEP 30150-140

  • Linkedin da Trilho Ambiental
  • Facebook da Trilho Ambiental
  • YouTube da Trilho Ambiental
Mapa do Site:
Mapa do Brasil
Todos os direitos reservados à Trilho Ambiental Ltda.