Sustentabilidade no Comércio Varejista




O termo varejo aplica-se aos setores do comércio que vendem produtos diretamente para o consumidor final, integrando uma vasta cadeia de produtores ao dia a dia das pessoas.


Em linhas gerais, podemos dizer que este segmento de negócios se subdivide nos seguintes setores:


Combustíveis, super e hipermercados, tecidos e artigos de vestuário, móveis e eletrodomésticos, produtos farmacêuticos e artigos de perfumaria, produtos agropecuários, pet shops, equipamentos de escritório, livros, jornais e papelarias, veículos, materiais de construção e artigos de uso doméstico.


Uma abordagem que valoriza a sustentabilidade no setor varejista pode se apresentar como um importante diferencial competitivo. Seja dando destaque a produtos sustentáveis ou utilizando o próprio estabelecimento como um showroom de soluções ambientalmente corretas, o empreendedor do setor de varejo pode se tornar um importante ator na transição de toda a sociedade para a sustentabilidade.



Gestão de Resíduos


A gestão ambientalmente correta dos resíduos gerados depois do consumo é de extrema importância para a cadeia produtiva sustentável . Dar a destinação adequada aos materiais recicláveis, criar soluções para o descarte de embalagens e adotar outras estratégias de redução de desperdício trazem resultados positivos para o meio ambiente e a sociedade.


Da natureza até o cliente


A rastreabilidade é um conceito que pressupõe o compartilhamento de informações sobre o ciclo de vida de um produto comercializado, de forma que todos os atores da cadeia possam identificar a origem e os processos produtivos que levam o produto à prateleira do varejo.


Por ser focada na transparência, a rastreabilidade fomenta a responsabilidade compartilhada pela qualidade e pelos impactos ambientais de todas as etapas da cadeia.


Responsabilidade compartilhada


Determinada também pela Política Nacional de Resíduos Sólidos [Lei n o 12.305/10], a responsabilidade compartilhada determina que todos os atores envolvidos na cadeia de produção de determinados produtos são responsáveis pelo bom gerenciamento dos resíduos sólidos gerados ao final do processo de consumo.


Essa determinação legal tem sido a base para importantes articulações entre indústrias e varejistas para a criação de soluções sustentáveis e acordos setoriais com o poder público.


Compras Sustentáveis


A realização de compras sustentáveis é uma das estratégias fundamentais para a estruturação de um empreendimento de varejo que minimiza impactos ambientais e gera resultados positivos para o planeta e a sociedade.


Seja na aquisição de insumos de suporte para as atividades ou na compra de produtos que vão ser comercializados para o cliente final, o mercado oferece uma ampla variedade de fornecedores com práticas de gestão sustentável e disponibilidade de equipamentos com eficiência energética.


Reciclar pela inclusão


Por conta da PNRS [Política Nacional de Resíduos Sólidos] e da responsabilidade compartilhada na gestão de resíduos pós-consumo, grandes cadeias de supermercado vêm implantando Pontos de Entrega Voluntária [PEVs] em suas unidades.


Operados em parceria com empresas de logística, prefeituras e cooperativas de reciclagem, os PEVs viabilizam a doação de materiais para cooperativas de catadores de material reciclável do entorno, gerando renda para atores-chave de um mundo sustentável.


Quer conhecer outras práticas de gestão ambiental e sustentabilidade para aplicar ao seu negócio? Clique AQUI para falar com a nossa consultoria ambiental.


4 visualizações

E-mail          contato@trilhoambiental.org

 

Telefones     +55  (31)  3221-6040 

                             

                             (31)  3245-8941

  • Linkedin da Trilho Ambiental
  • YouTube da Trilho Ambiental

Trilho Ambiental Ltda.

CNPJ 24.813.614/000.1-50

Rua José Pedro Drumond, n 204

 

Bairro Floresta, Belo Horizonte/MG 

CEP 30150-140

Mapa do Site:
Mapa do Brasil
Todos os direitos reservados à Trilho Ambiental Ltda.