Plano de Segurança para Comunidades Próximas às Barragens

Ocorreu nesta segunda-feira, 20.05, na Cidade Administrativa, a abertura do Workshop Barragens MG, promovido pelo Gabinete Militar do Governador, por meio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil. No decorrer do evento, foi noticiado o Plano de Segurança para as Comunidades Próximas às Barragens de Mineração.


Romeu Zema, governador, enfatizou a necessidade de tornar a atividade minerária segura no estado:


“O que nós queremos, e esse dia de hoje é um exemplo, é caminhar nesse rumo. Temos de melhorar o monitoramento das barragens e ter ferramentas que tornem essa atividade mais segura. A mineração é uma atividade que sempre fez parte do nosso estado e não vamos eliminá-la. Vamos, sim, torná-la segura. Nós temos exemplos de países desenvolvidos, como Canadá e Austrália, que têm uma atividade de mineração extremamente representativa e que opera com total segurança. E, mesmo de países não tão desenvolvidos, como Chile e África do Sul, também têm essa atividade e a operam com níveis de segurança razoáveis”.


OBJETIVO


Desenvolvido pelo Governo de Minas, o Plano tem o intuito reduzir riscos, mitigar os efeitos da mineração, preparar respostas e promover a segurança das comunidades próximas às barragens.


O seu surgimento ocorreu após a realização de um diagnóstico de todo o contexto que envolve as barragens e o ambiente no qual localizam-se.


São suas principais diretrizes: (i) a integração dos órgãos envolvidos na proteção das pessoas residentes nas áreas próximas às barragens, (ii) o treinamento e capacitação das Defesas Civis dos municípios, (ii) pesquisa de tecnologias que potencializem as ações de proteção.


Evandro Borges, coordenador da Defesa Civil do Estado, afirmou que:


“Esse plano tem uma significância muito grande pela oportunidade que traz para o sistema da Defesa Civil. Várias instituições, cada uma dentro da sua área, contribuem e trabalham de forma integrada ajudando a nossa população em momentos difíceis como esse que temos passado. A gente precisa discutir e quebrar o paradigma da cultura do risco. Precisamos estar preparados para atuar em face de cenários como esse, uma mentalidade preventiva, da gestão do risco de desastre, que é a população estar consciente, saber dos procedimentos e dos passos que devem seguir”.


AÇÕES


Diversas ações foram estabelecidas, dentre elas: (i) solicitação junto às empresas de informações adicionais para melhoria dos planos de ação de emergência, (ii) capacitação e auxílio aos municípios onde existem barragens para a elaboração dos planos de contingência – que são os dois instrumentos norteadores em casos de emergência, (iii) fiscalização das medidas preventivas adotadas pelas empresas responsáveis pelas barragens, como os sistemas de alarme e sinalização, e a realização de novos simulados de evacuação, (iv) ações para capacitação de todos os agentes envolvidos, cursos e seminários, como o workshop realizado nesta segunda-feira.


Fale conosco clicando AQUI!




20 visualizações

E-mail          contato@trilhoambiental.org

 

Telefones     +55  (31)  3221-6040 

                             

                             (31)  3245-8941

  • Linkedin da Trilho Ambiental
  • YouTube da Trilho Ambiental

Trilho Ambiental Ltda.

CNPJ 24.813.614/000.1-50

Rua José Pedro Drumond, n 204

 

Bairro Floresta, Belo Horizonte/MG 

CEP 30150-140

Mapa do Site:
Mapa do Brasil
Todos os direitos reservados à Trilho Ambiental Ltda.