Consumo consciente em tempos de pandemia





Em períodos de crise como o que estamos vivenciando agora, com a pandemia de Covid-19, as pessoas veem suas mais diversas necessidades ameaçadas. Além disso, a economia sofre com os efeitos do período desafiador. Por isso, é muito importante estimular o consumo consciente.


É importante ressaltar o conceito de consumo consciente definido pelo Instituto AKATU e que talvez esteja fazendo muito mais sentido agora: "O consumo de produtos e serviços, muitas vezes, acontece de modo automático e impulsivo. É importante que o consumidor perceba o poder que tem ao fazer suas escolhas cotidianas, que influenciam na vida de muita gente”.


Em tempos de Coronavírus, espera-se que o consumo dos cidadãos ocorra dentro de padrões solidários. Pensar apenas em si, em detrimento de outras pessoas, não é um comportamento adequado em nenhuma época, principalmente durante uma pandemia.


Portanto, é um período em que precisamos refletir ainda mais sobre o nosso consumo, com a adoção de hábitos que gerem um impacto mais positivo nas pessoas, na economia e no planeta como um todo. O pensar coletivamente traz oportunidades de reflexão que vão ao encontro do consumo consciente, para a busca de escolhas com o melhor impacto possível para si próprio, para os outros e para o meio ambiente.



Não compre em excesso


A estocagem de produtos em massa traz muitos problemas econômicos e para a sobrevivência das pessoas. Mas, em meio à pandemia, ela ainda pode agravar o problema de saúde pública. Cada negócio, indivíduo ou núcleo familiar deve adquirir somente o necessário para seu consumo durante um curto período de tempo. Com a pandemia da Covid-19, estocar apenas para quinze dias tem sido a recomendação do poder público em muitos países.



Proteja os pequenos negócios


Além de evitar a falta de produtos no mercado, é importante proteger os negócios locais de menor porte, dando preferência a eles no momento de realizar as compras. Assim, é possível favorecer a economia da região, reduzindo os impactos econômicos da pandemia.



Seja solidário (a)


Também é preciso pensar nas pessoas em condições de vulnerabilidade social. Desde a população de baixa renda até aquelas pessoas em situação de rua, o acesso aos produtos de higiene imprescindíveis para o combate ao vírus é limitado. Por isso, colaborar com doações para estes grupos ajuda a sociedade e contribui para o bem-estar dos mais vulneráveis.



Utilize sacolas retornáveis


Utilizar sacolas retornáveis para as compras também é uma importante estratégia de combate à pandemia. De uso pessoal, elas têm a circulação e a manipulação limitada aos indivíduos de um lar, eliminando mais uma possível fonte de transmissão. Basta higienizá-las a cada uso para proteger a saúde de todos e o ambiente.



Quer saber mais sobre gestão ambiental e sustentabilidade? Clique AQUI e converse com a nossa consultoria ambiental.




9 visualizações0 comentário