Sustentabilidade em pauta: o problema do plástico descartável



Foto: Ilha de lixo no Pacífico

Você já parou para pensar para aonde vai o plástico descartável que utilizou hoje?

Ele está em atitudes aparentemente inofensivas, como tomar um suco, mexer o café, beber água mineral e levar compras para casa.

Ou então, você já parou para pensar no plástico descartável que poderia ter recusado hoje?

A poluição por plástico é um dos maiores problemas ambientais da atualidade. Canudos, pazinhas, copos, sacolas, aparentemente inofensivos, vão parar nos oceanos, representando um risco para os ecossistemas aquáticos. São as chamadas “Ilhas de Plástico”.

Se o consumo de plástico continuar no ritmo em que se encontra hoje, a tendência, de acordo com a ONU, é de que em 2050 os nossos oceanos tenham mais plástico do que peixes!


Foto: Tartaruga presa em uma rede de náilon no Mediterrâneo.

Fonte: National Geographic

E o cenário atual já é assustador. Animais marinhos têm ingerido esse resíduo e o ser humano também. Já se sabe que o plástico pode se dissolver em partículas microscópicas que eventualmente entram em nossa cadeia alimentar. O microplástico está presente na água potável que chega em nossas torneiras, por exemplo.


Foto: Cegonha envolta por uma sacola plástica.

Fonte: National Geographic

Essa poluição já atingiu também regiões mais profundas, como fossas e fendas oceânicas. Recentemente, uma sacola plástica foi encontrada a uma profundidade de 36 mil pés na Fossa das Marianas, local mais profundo dos oceanos, situado no Pacífico.

Mas diante desse cenário, como combater a poluição causada pelo plástico? Pequenas atitudes podem fazer a diferença!

Recuse o que não puder ser reutilizado

Itens descartáveis demandam energia e recursos naturais para ficarem prontos e são descartados rapidamente. Pense antes de tomar uma atitude mecânica.

Busque alternativas ao uso do plástico descartável

Canudos, garrafas e talheres feitos de inox ou outro material durável é uma alternativa.

Pequenas mudanças de hábito como levar nosso próprio copo ou caneca para o trabalho também já diminuem a geração de plástico no dia a dia.

Prefira comprar a granel

Evite consumir itens ou alimentos com embalagens desnecessárias. O lixo gerado por elas é responsável por quase metade de todos os resíduos plásticos gerados no mundo. A maioria nunca é reciclada ou incinerada.

Recicle

Se não puder evitar o consumo de plástico, prefira aqueles materiais que são mais fáceis de serem reciclados como PETE e HDPE.

Combater a poluição causada pelo plástico é um compromisso global. Afinal, o conceito de “jogar fora” existiria somente se a Terra fosse descartável.


8 visualizações

E-mail          contato@trilhoambiental.org

 

Telefones     +55  (31)  3221-6040 

                             

                             (31)  3245-8941

  • Linkedin da Trilho Ambiental
  • YouTube da Trilho Ambiental

Trilho Ambiental Ltda.

CNPJ 24.813.614/000.1-50

Rua José Pedro Drumond, n 204

 

Bairro Floresta, Belo Horizonte/MG 

CEP 30150-140

Mapa do Site:
Mapa do Brasil
Todos os direitos reservados à Trilho Ambiental Ltda.