Remota e desabitada, ilha no Pacífico tem a maior concentração de lixo plástico do mundo


Uma ilha desabitada do Pacífico Sul é o local com a maior densidade de lixo plástico do mundo. A Ilha Henderson, parte do arquipélago de Pitcairn, um território do Reino Unido, tem um número de pedaços de plástico em suas praias estimado em 37,7 milhões.

O motivo? Henderson fica no caminho de uma corrente marinha, e acaba recebendo lixo jogado de navios e vindo da costa oeste da América do Sul.


Foto: Jennifer Lavers - folhadomeio.com.br

Cientistas britânicos e australianos, que mapearam o estado da poluição na ilha, esperam que seu estudo faça as pessoas "repensarem seu relacionamento com o plástico". Eles estimam que haja uma densidade de 671 itens por metro quadrado e um total de 17 toneladas.

"Uma grande parte dos detritos que encontramos na ilha era o que erradamente chamamos de descartáveis", disse a bióloga Jennifer Lavers, da Universidade da Tasmânia (Austrália).

O estudo, publicado no periódico científico "Proceedings of the National Academy of Sciences", descreve como o arquipélago, distante mais de 5,5 mil km da costa do Chile, funciona como uma espécie de "pia" para o lixo do mundo, localizado perto de um "ralo" chamado Giro do Pacífico Sul - o maior sistema de correntes marítimas do globo.

Além de restos de objetos ligados à pesca, as areias em Henderson estão salpicadas de itens mais familiares do dia a dia, como escovas de dentes, isqueiros e lâminas de barbear. "Caranguejos estão usando tampas, potes e jarras de plástico como novas casas", disse Lavers.

"Pode parecer bonitinho, mas não é. O plástico é velho, frágil e tóxico. "A cientista contou ainda que foi encontrado um grande número de capacetes plásticos, do tipo usado na construção civil.

#Acúmulodelixo #Lixo #Poluição #OceanoPacífico

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo