• Dantte Saliba

Novo limite máximo do Coeficiente de Rendimento Volumétrico – CRV entra em vigor



Entrou em vigor no início dessa semana, o novo limite máximo de aproveitamento para conversões de tora em madeira serrada, informadas pelo sistema do Documento de Origem Florestal – DOF. O Coeficiente de Rendimento Volumétrico – CRV foi reduzido de 45% para 35%, tendo como objetivo principal impedir a geração de créditos excedentes (fictícios) de madeira no sistema DOF.

Assim, a redução do coeficiente tem reflexo direto na redução do desmatamento ilegal na Amazônia e representa um avanço para o setor empresarial de base florestal, impedindo fraudes. As indústrias capazes de obter rendimento superior a 35% não serão prejudicadas, visto que a norma permite a apresentação de estudos que comprovem a obtenção de índices superiores de aproveitamento.

Essa redução foi proposta pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA e pelo Serviço Florestal Brasileiro – SFB ao Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA tendo a finalidade de aperfeiçoar regras para o transporte e a industrialização de madeira extraída legalmente, resultando na publicação da Resolução CONAMA n° 474/2016.

#CRV #CoeficientedeRendimentoVolumétrico #IBAMA #DocumentodeOrigemFlorestal #DOF

0 visualização

E-mail          contato@trilhoambiental.org

 

Telefones     +55  (31)  3221-6040 

                             

                             (31)  3245-8941

  • Linkedin da Trilho Ambiental
  • YouTube da Trilho Ambiental

Rua José Pedro Drumond, n 204

 

Bairro Floresta, Belo Horizonte/MG 

CEP 30150-140

Mapa do Site:
Mapa do Brasil
Todos os direitos reservados à Trilho Ambiental Ltda.