É lançado o Atlas da Caatinga



A Fundação Joaquim Nabuco – FUNDAI, em parceria com a Universidade Federal de Campina Grande – UFCG, desenvolveu uma pesquisa de 03 anos, realizada entre dezembro/2013 a dezembro/2016, onde foram avaliadas 14 Unidades de Conservação - UCs de Proteção Integral federais, administradas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio, localizadas no bioma Caatinga.

A pesquisa denominada “Atlas da Caatinga”, reúne informações fundiárias e da flora de cada uma das áreas estudadas, ao longo dos 22 mil quilômetros percorridos do único bioma que é encontrado exclusivamente no Brasil, e também o menos estudado, se estendendo por 10 estados federativos.

Nas UCs de Proteção Integral não são permitidas qualquer atividade econômica ou mesmo de uso sustentável, exceto a pesquisa científica e o turismo. Foram realizadas entrevistas com os chefes responsáveis pelas UCs, funcionários do ICMBio, professores e moradores locais, visando compreender os problemas enfrentados pelas Unidades e pelo bioma Caatinga.

Assim, o principal “problema” encontrado foi a falta de recursos financeiros e humanos para gerenciar essas áreas protegidas, bem como o descaso desse bioma para as autoridades.

#AtlasdaCaatinga #Caatinga #UnidadesdeConservação #ProteçãoIntegral #ICMBio #Bioma

60 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo