Vale será multada por vazamento de rejeito



A mineradora Vale será multada por conta do vazamento de um duto entre Congonhas e Ouro Preto, na Região Central de Minas Gerais. A notícia foi informada ontem (15/03/2017) pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad).

O vazamento ocorreu em um trecho do rejeitoduto da mina de Fábrica, em Congonhas e os primeiros sinais do rompimento apareceram no domingo. Pelo menos quatro rios e córregos foram contaminados pelos rejeitos da mineração, sendo eles os córregos Prata, das Almas e os rios Mata Porcos e Itabirito. O órgão ambiental solicitou uma série de medidas imediatas para que o vazamento não atingisse uma área maior.

De acordo com a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), não existe nenhum risco de desabastecimento de água para a população. Como o Rio Itabirito deságua no Rio das Velhas, que abastece Belo Horizonte e parte da região, a comunicação foi fundamental para que o comitê de bacias e a Copasa tivessem tempo de se preparar para não comprometer o abastecimento.

#RejeitodeMinério #Vale #vazamento

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo