MMA declara emergência quanto às queimadas



Uma Portaria do Ministério do Meio Ambiente foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) na quarta-feira, 22, declarando emergência ambiental em várias localidades de 16 estados e no Distrito Federal. A fim de assegurar o combate ao fogo ao longo do ano, em várias regiões do país, uma medida de rotina é tomada no início do período da seca.

No ano de 2016, foram mobilizados 925 brigadistas, selecionados e treinados pelo Prevfogo (Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais), do Ibama, para prevenir e controlar incêndios na Amazônia, no Cerrado, no Pantanal, na Caatinga e na Mata Atlântica. O órgão pode contratar temporariamente até 2.520 brigadistas em todo o país. A previsão é que o ano de 2017 não seja tão crítico em relação às secas quanto o ano passado, segundo o coordenador do Prevfogo, Gabriel Zacarias, que explica que a falta de uma tendência, influenciada pelos fenômenos climáticos, não permite fazer previsões para a demanda de combate ao fogo, assim, trabalha-se com a tendência média dos últimos dez anos.

A redução da emissão do dióxido de carbono por meio de queimadas está entre as metas do Brasil estabelecidas no Acordo de Paris. O gás contribui com o aquecimento global e as queimadas são responsáveis por grande parte das emissões do país, que é referência no domínio de técnicas de controle de incêndio em florestas.

#Queimadas #MinistériodoMeioAmbiente #Prevfogo

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo