• Dantte Saliba

Proteção de áreas marinhas é prioridade



O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho reuniu-se com representantes da Rede Nacional Pró Unidades de Conservação e de outras instituições para discutir ações voltadas para os ecossistemas marinhos para reforçar a proteção das áreas marinhas sob jurisdição brasileira. Com o objetivo de incrementar a atuação brasileira na agenda, o grupo tomou como propostas essas medidas.

Entre as prioridades da pasta está o estabelecimento de áreas protegidas sem conflitos, segundo declarado pelo ministro que enfatizou, o foco do governo será adotar políticas para, então, efetivá-las, além de criar unidades de conservação. A Rede Nacional Pró UCs inclui sugestões de recategorização, criação de novas unidades e ampliação de outras já existentes no documento levado pela mesma.

Foi explicado pelo vice-presidente do Instituto Augusto Carneiro, José Truda Palazzo Júnior que o objetivo é manter o papel de destaque que o Brasil tem desempenhado no contexto ambiental, além de garantir a conservação, por ser uma agenda positiva, com repercussão internacional favorável. Mecanismos para a captação de recursos internacionais estão entre as medidas para a implementação das unidades propostas.

#MinistrodoMeioAmbiente #Áreasmarinhas #UnidadesdeConservação

0 visualização

E-mail          contato@trilhoambiental.org

 

Telefones     +55  (31)  3221-6040 

                             

                             (31)  3245-8941

  • Linkedin da Trilho Ambiental
  • YouTube da Trilho Ambiental

Rua José Pedro Drumond, n 204

 

Bairro Floresta, Belo Horizonte/MG 

CEP 30150-140

Mapa do Site:
Mapa do Brasil
Todos os direitos reservados à Trilho Ambiental Ltda.