R$ 4 bilhões por ano são movimentados pelo turismo em Unidades de Conservação



Uma tese de doutorado desenvolvida pelo analista ambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Thiago Beraldo, mostra que o turismo em Unidades de Conservação (UCs) movimenta aproximadamente R$ 4 bilhões por ano, gera 43 mil empregos e agrega R$ 1,5 bilhão ao Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

O objetivo principal da tese era entender a dinâmica do uso público nas áreas protegidas e os impactos econômicos da visitação, ou seja, quanto o gasto do visitante gera para a economia local. Assim, o analista percebeu que, além de movimentar a economia, esse tipo de turismo é um aliado da natureza pois, quanto mais pessoas tem acesso e conhecem as UCs, mais elas vão querer protege-las.

O analista ainda constatou que, os visitantes das Unidades de Conservação querem realizar atividades em contato direto com a natureza, além de diversos atrativos, como visitas as comunidades locais, rapel, camping, observação da fauna e flora, entre outros.

#ICMBio #UCs #UnidadesdeConservação #InstitutoChicoMendes

2 visualizações

E-mail          contato@trilhoambiental.org

 

Telefones     +55  (31)  3221-6040 

                             

                             (31)  3245-8941

  • Linkedin da Trilho Ambiental
  • YouTube da Trilho Ambiental

Trilho Ambiental Ltda.

CNPJ 24.813.614/000.1-50

Rua José Pedro Drumond, n 204

 

Bairro Floresta, Belo Horizonte/MG 

CEP 30150-140

Mapa do Site:
Mapa do Brasil
Todos os direitos reservados à Trilho Ambiental Ltda.