Acordo visa eliminar gases que causam o efeito estufa



No último sábado, dia 15/10, foi assinado em Kigali, capital de Ruanda, um acordo que visa à eliminação progressiva (cerca de 80%) das emissões dos HFCs, um dos gases do efeito estufa considerados nocivos para o clima.

Juridicamente vinculante (ou seja, com força de lei), o acordo de Kigali supõe um passo importante na luta contra o aquecimento climático e permite dar um sinal positivo a menos de um mês da próxima grande conferência anual sobre o clima, a COP 22, em Marrakesh, Marrocos.

O acordo será colocado em prática em diferentes fases, começando com os países desenvolvidos em 2019, depois com países em desenvolvimento como Brasil e China em 2024 e finalmente com a Índia, o Paquistão e as nações do golfo Pérsico em 2028.


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo