BNDES prioriza o financiamento a energias alternativas



O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) estabeleceu novas condições de financiamento para o setor elétrico, de modo que os projetos de fontes renováveis de geração de energia poderão ter financiamento de até 80% e acesso à taxa de juros mais baixa do banco, priorizando o financiamento as energias alternativas e a suspensão do crédito para a construção de usinas térmicas a carvão e óleo combustível.

Desse modo, o governo irá promover a construção de usinas menos poluentes e, assim, a matriz energética brasileira além de tornar-se mais limpa, passa também a ser mais sustentável, contribuindo com o acordo estabelecido pelo Brasil na COP21 (21ª Conferência das Partes da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima), realizada em Paris, em dezembro de 2015.


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo