Política Nacional de Resíduos Sólidos

Os resíduos sólidos são todos os restos sólidos gerados nas atividades humanas ou não humanas. Há algum tempo atrás resíduo era definido como algo sem utilidade ou valor comercial. Esse conceito tem mudado e atualmente entende-se que a grande maioria dos resíduos pode ser usada para outro fim, seja de forma direta ou indireta.

A expansão da consciência coletiva com relação ao meio ambiente, tem aumentado a preocupação e a discussão a respeito dos resíduos sólidos. No Brasil, a aprovação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), foi um marco importante, na discussão a respeito da correta gestão dos resíduos. A PNRS é baseada no conceito de responsabilidade compartilhada, onde todos são responsáveis pela gestão ambientalmente adequada de seus resíduos.

Um dos mecanismos dessa responsabilidade compartilhada cabe principalmente ao setor privado, que deve viabilizar a Logística Reversa, especialmente para agrotóxicos, pilhas e baterias, pneus, óleos lubrificantes, lâmpadas fluorescentes e produtos eletroeletrônicos, que devem retornar ao seu local de origem.

Assim, o setor privado é responsável pelo gerenciamento ambientalmente correto dos resíduos, pela sua reincorporação na cadeia produtiva e pelas inovações em produtos que tragam benefícios ambientais, prevendo a não geração de resíduos, trazendo assim benefícios socioambientais. Além disso, deve implantar um Plano de Gestão de Resíduos Sólidos (PGRS), em suas empresas, comércio ou indústrias.

As empresas devem se preocupar não apenas com a destinação que o consumidor final dará ao seu produto após ser consumido, mas também deve oferecer opções para reaproveitá-lo em suas cadeias produtivas. Para que isso ocorra, o consumidor deve se preocupar em devolver embalagens e produtos às empresas que os produziram.

De acordo com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), com a PNRS o cidadão passa a ser responsável não apenas pela disposição correta dos resíduos, mas é importante que veja e repense também seu papel como consumidor, visando a não geração dos mesmos.

Segundo a PNRS, os governos federal, estaduais e municipais, assim como o setor privado também são responsáveis por elaboração e implementação de PGRS, em repartições públicas, cidades, entre outros.

Assim, com a PNRS a tendência é que todos os setores da sociedade passem a ter maior responsabilidade e preocupação com seus resíduos. Para isso é importante um Gerenciamento de Resíduos Sólidos feito por equipe preparada, que a Trilho Ambiental pode oferecer.  

Gostou? 
Veja outro material que escrevemos sobre o Resíduos Sólidos.
Imagem Quem deve implantar e vantagens do PGRS
Imagem Logística Reversa

E-mail          contato@trilhoambiental.org

 

Telefones     +55  (31)  3221-6040 

                             

                             (31)  3245-8941

Rua José Pedro Drumond, n 204

 

Bairro Floresta, Belo Horizonte/MG 

CEP 30150-140

  • Linkedin da Trilho Ambiental
  • Facebook da Trilho Ambiental
  • YouTube da Trilho Ambiental
Mapa do Site:
Mapa do Brasil
Todos os direitos reservados à Trilho Ambiental Ltda.